revirando o baú

Como edito minhas fotos!

21/07/2017


Olá!
Desde que criei o Blog e passei divulgar minhas fotos e as do Jorge, algumas pessoas questionavam como eu as editava, dentre os programas que uso e já usei (o que não foram muitos, já que eu não sei usar boa parte deles rsrs) sempre indico o Lightroom, tanto por causa da facilidade de manuseio como por atender minhas demandas de forma rápida.

“O Adobe Photoshop Lightroom é um software criado pela a Adobe Systems para Mac OS X e Microsoft Windows, designado a edição rápida e o armazenamento de fotos digitais. Ele permite que o usuário importe uma grande quantidade de fotos automaticamente a partir de uma câmera ou cartão de memória, podendo organizá-las em pastas e fazendo diversos ajustes.”

Download Lightroom: Versão para avaliação.

No vídeo eu tento explicar como é esse processo de edição. Adiantando, eu uso presets, que são: Configurações pré estabelecidas e salvas para utilização futura dentro do Lightroom. Simples assim! Você pode usar para aplicar num lote de fotografias com 200 imagens ou apenas em imagem única (créditos Falando de foto).


Há vários sites com versões em que você pode comprar ou baixar gratuitamente, você escolhe de acordo com o seu estilo. Algo extremamente importante se atentar, pois, por mais que um filtro/preset esteja ali inteiramente pronto, é necessário que você saiba construir sua identidade visual e não fique apenas no copia e cola.

Então, faça download, altere, mexa no que for necessário. Os presets que mais utilizo são o Drama Queen (link) e Cold Fact (link), mas, sempre faço algum complemento, demonstrando aquilo que me representa.


Sites para baixar: Chromata / Luh Testoni / Daniela Seco.


Agora vamos ao vídeo, de antemão peço desculpas pela minha pronúncia e minha péssima dicção, porém, acredito que dá para entender o meu propósito, que é ensinar pelo menos um pouquinho do que sei rsrs


Espero que tenham gostado!


Xoxo

Nova parceria: Dora Queen ♡

20/07/2017


Há um tempinho atrás descobri uma lojinha super fofa, a Dora Queen. A mesma possui vários acessórios temáticos, com foco na literatura e botânica.

Sem dúvidas, as  minhas coleções favoritas são da  Amélie Poulain , Beauty & Beast e Le Petit Prince.

Para minha alegria, Dora Queen agora é parceira do Blog. Agradeço a Raquel, fundadora da loja, por acreditar no nosso trabalho. Gratidão!

Separei abaixo um trecho de como foi o seu processo de criação da marca. Confiram:

“Eu criei a Dora Queen em 2009 (muito timidamente), porém foi em 2014 que lançamos os produtos numa plataforma digital, com o principal intuito de me “desintoxicar” do mundo dos negócios onde estava inserida e tentar trabalhar com emoções reais vindas de pessoas reais. Dizer o que disso, gente? Sou de humanas, gosto de “viver de arte das coisas que a natureza dá” =/ Sou secretária executiva por formação, mas artista visual por convicção e antes de chegar aos vinte e tantos anos com cara de choro e coração frustrado decidi mudar o curso da minha vida e arriscar minhas fichas neste negócio que tanto amo. RESUMO DA ÓPERA: Meu melhor amigo/marido deu total apoio e doou suas habilidades tecnológicas para tirar meu plano do papel. E graças a esta “chutação de balde” nasceu a loja dos meus sonhos, com um caráter essencialmente artesão e acessórios capazes de carregar em si mesmos uma história.  Hoje a marca mantém uma gama diversificada de estilos e materiais, mas é conhecida pela apresentação de delicadas peças modeladas à mão em cerâmica plástica agregadas a metais em tons envelhecidos. Produtos que transitam entre a tradição do artesanal e a estética singularmente contemporânea. Espero que você goste do que fazemos por aqui e que tenha a melhor experiência de compra online DA SUA VIDA.”

Desejo de coração que essa parceria venha nos trazer bons frutos, sou encantada por essa marca que me representa nos mínimos detalhes. Então, caro leitor, convido a você a experienciar um pouquinho do que estou falando, prometo que vai gostar!

Para conhecer, basta clicar no banner abaixo:
Dora Queen Store


Espero que tenham gostado!



Xoxo


Os Delírios de Consumo de Becky Bloom

19/07/2017

Título: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom / Título Original: Confessions of a Shopaholic / Autora: Sophie Kinsella / Editora: Record / Páginas: 426 / Ano: 2001 / Comprar: Amazon.

Sinopse: "Rebecca Bloom é uma garota londrina com um péssimo hábito. É uma consumidora compulsiva. Apesar de ser uma jornalista especializada em mercado financeiro, não consegue controlar as próprias finanças. Endividada até a alma, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito. E ainda encontra tempo para se apaixonar. Um romance muito divertido que faz um retrato de quase todas as mulheres que conhecemos."


A trama: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom retrata a vida da jovem Rebecca, uma jornalista financeira, divertida, sonhadora e endividada! Isso mesmo, pois, por ironia do destino, mesmo produzindo artigos para um jornal sobre economia, Becky  é consumidora compulsiva que não consegue nem organizar sua vida quem dirá suas faturas de cartões de crédito  acumuladas.


Mora em Fulham, divide um apartamento com a melhor amiga Suze, que por seu lado possui primos estranhos, ótimas habilidades para trabalhos artesanais e é tão apaixonada por compras quanto a Becky, porém, um pouquinho mais controlada.


Ah! Tem o Luke Brandon, bilionário, cara fechada e vive olhando a Becky diferente, mas, será que ele gosta dela? Ou está apenas duvidando da sua capacidade no mundo das finanças e das suas mentirinhas básicas? Saberemos!


No início da história, estava bem arrependida de ter assistido o filme antes (o assisti umas dez vezes) porque o enredo é bem diferente, mas, após algumas páginas, fiquei presa ao livro, tanto é que terminei a leitura rapidinho durante viagem a São Paulo.



Personagem principal: Ao longo dos anos vamos nos deparando com várias histórias, ambientes e personagens. Nesse caminho, há aqueles que nos identificamos de modo mais profundo.

Foi assim que aconteceu com Rebecca Bloom. Cada capítulo me identificava mais ainda com a personagem, seja por suas ideias mirabolantes para resolver os problemas, ou  pela cabecinha  cheia de sonhos, única coisa que não me convêm são as dívidas intermináveis, juro que cuido direitinho da minha parte financeira, mas, admito, tenho um lado Shopaholic (compradora compulsiva) também!

Só fiquei assustada com a capacidade da personagem em contar mentiras tão rapidamente. Nesse livro, tia Ermitrudes morreu umas três vezes (entendedores entenderão).



Personagem secundário: É uma história em que todos os personagens são bem construídos, mas, por sofrer resquícios do filme, senti falta de ter explorado mais sobre o Luke Brandon (no filme ele é bem presente). Entretanto, como não li os outros livros, tenho ainda esperanças que isso seja mudado ao longo das histórias.


Quotes: “Aquele momento. Aquele momento em que seus dedos se enroscam nas alças de uma sacola brilhante, sem nenhum vinco — e todas as coisas novas e lindas dentro dela passam a ser suas. Como é? É como passar fome durante dias, depois encher a boca de torrada com manteiga quentinha. É como acordar e perceber que é fim de semana. É como os melhores momentos do sexo. A minha mente bloqueia qualquer outro pensamento. É um prazer puro, egoísta.”


“Deus, adoro roupas novas. Se todo mundo pudesse só usar roupas novas, todos os dias, acho que depressão deixaria de existir.”


"Não importa se chover ou fizer sol, nós todos sabemos que você estará bem" — canta a vozinha do cartão. — "Levante a cabeça, mantenha-a elevada, o que importa é que você tenta."



A autora: “Sophie Kinsella é escritora e ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira. Dela, a Editora Record publicou O segredo de Emma Corrigan, Lembra de mim?, Samantha Sweet, executiva do lar, Menina de vinte, além da série sobre a irresistível consumista Becky Bloom: Os delírios de consumo de Becky Bloom, Becky Bloom: Delírios de consumo na 5a Avenida, As listas de casamento de Becky Bloom, A irmã de Becky Bloom e O chá de bebê de Becky Bloom.”


Não conhecia a escrita da autora Sophie Kinsella, que me surpreendeu bastante, seus livros são típicos Chick-Lits (romances leves, divertidos e charmosos). O que faz você engatar na história rapidamente, se apegar aos personagens e desejar ler os próximos livros rapidinho.


Já estou ansiosa para ler o restante da série, intitulada “Shopaholic”, ao todo são oito livros em que você pode encontrar clicando aqui Ó.


P.s: Comprei essa versão que estava na promoção durante a Feira do Livro de Brasília, mas, possuo sério problemas com capas que são os Posters do filme. Alguém mais tem essa implicância? rsrs


Espero que tenham gostado!


Xoxo

Sim, existe amor em SP ♡

17/07/2017


Nessas andanças da vida, eu e Jorge viajamos para São Paulo. Em três dias conhecemos lugares especiais, pensei que seria interessante compartilhar por aqui!

Primeiro dia
Assim que chegamos no aeroporto de Congonhas, fomos para hotel Ez Aclimação, após algumas buscas no Booking foi a nossa melhor opção (tanto pelo preço como pela localidade). O mesmo fica perto da Avenida Paulista e tem um ambiente bastante aconchegante.

Depois fomos almoçar no Tea Connection, que entrou na minha lista de restaurantes favoritos, um lugar bastante fofinho, com chás e comidinhas naturais.

Infelizmente, não conseguimos fotografar nesse primeiro dia, mas, coloquei todas as dicas de lugares com os seus respectivos endereços.
O lugar
Tea Connection Brasil
Local: Alameda Lorena, 1271, Jardins - São Paulo
Aberto: 8h às 0h
Telefone: (11) 3063-4018

O que pedimos
Entrada: Salada.
Prato principal: Chicken Roll (melhor sanduíche da vida).
Ela: Chá You Berry  (Chá Blueberries + frutas vermelhas naturais + leite skinny + chocolate + hortelã).
Ele: Chá Green Spirit (Chá Green Forest + maçãs + manga + hortelã).
Sobremesa: Salada de frutas.

A noite fomos conhecer 'O' Burguer. Uma hamburgueria de hambúrgueres recheados, oi? Sim!

O lugar
O Burguer
Local: Av. Moaci, 806, Moema - São Paulo
Aberto: 17h às 0h
Telefone: (11) 2613-8311
https://www.facebook.com/oburguer

O que pedimos
Ela: Hambúrguer de frango empanado recheado com Mix de queijo, coberto por tomate confit, Pesto, maionese Aioli, e sticks de muçarela.
Ele: Fondue Burguer.


Segundo dia
No segundo dia fomos ao Santo Pão. Um dos lugares mais fofos que já conheci, quero poder voltar lá mais vezes.

O lugar
Santo Pão Boulangerie
Local: Rua Padre João Manuel, 968, Jardim Paulista - São Paulo
Telefone: (11) 2309-5594
Horário: seg a sáb 8 às 22h, dom 8 às 21h

O que pedimos
Ela: Croissant de peito de peru com queijo branco + cappuccino com chocolate em pó.
Ele: panqueca com adicionais de geleia de amora e doce de leite + chocolate quente.




Depois fomos a 25 de Março (comprei algumas coisinhas por lá) e no Mercado Municipal, nesse dia conclui que comida japonesa não é pra mim!

Terceiro dia
Levantamos cedinho para ir ao Mirante 9 de Julho, na cafeteria Isso é Café. Um lugar bem charmoso, que fica escondidinho, mas, é facinho de achar!


O lugar
Mirante Nove de Julho
R. Carlos Comenale, s/n – Bela Vista, SP


O que pedimos
Ela: Quiche de espinafre e ricota + Cappuccino.
Ele: Quiche de quatro queijos + Cappuccino.


Depois do café, fomos ao bairro da Liberdade, compramos vários docinhos e também visitamos a  Daiso Japan, que fica alguns quarteirões dali, em que achei várias agendas e coisinhas fofas!



Encerramos nosso dia voltando para Paulista , que aliás, no domingo se torna um lugar bastante interessante, cheio de pessoas andando de bicicleta, passeando com cachorros e crianças, tem também feira de artesanato, música e dança, quem me acompanha no instagram (@antoniafranciele) pode acompanhar um pouquinho desse dia!

Também conhecemos algumas lojas, minha preferida foi a Antix (loja que aliás, declarei falência).



Termino esse post com um teaser nosso e com o sentimento de saudades. Já quero voltar para SP novamente! 



Espero que tenham gostado!



Xoxo


Tropicália, Livros e Fotografias na 33º Feira do Livro de Brasília

06/07/2017

Olá!
Mais uma vez venho mostrar-lhes alguns registros sobre a Feira do Livro de Brasília (já estamos na 33º edição), como de praxe nos dias 24 e 25 de Junho aconteceu o segundo Encontro de Blogueiros Literários e, posso dizer que nesse ano tenho algumas ressalvas.

Bem, possuo enorme gratidão por todos eventos que o Fotografe um Livro participa, significa que esse mero espaço está sendo reconhecido, porém, em comparação ao ano passado, acho que deveriam ter colocado mais painéis com participação de Blogueiros e Escritores locais.  

Senti que estávamos ali mais como observadores do que atuantes. Então, vamos torcer para que próximo ano tais concepções mude e nos tornemos mais presentes nesse evento, que é um dos meus favoritos!

No mais, o evento de modo geral veio a agregar, pude encontrar várias standes legais, livros com ótimo preços e reencontrar os amigos. 

Eu e o Jorge acabamos registrando alguns momentos, que vocês podem conferir abaixo:










Como são várias fotos, acabei criando um álbum no Flickr para que possam conferir o resto, só clicar aqui Ó

Espero que tenham gostado!



Xoxo