revirando o baú

Favoritos de 2016!

26/12/2016

Para fechar a série de posts no blog desse ano, resolvi falar sobre todos os itens que se tornaram favoritos nesse período, desde de livros até lojas e produtos de beleza. Confiram abaixo a minha lista completa!
Referente a literatura estrangeira, eu escolhi os livros: #GirlBoss; O Orfanato da Senhorita Peregrine para Crianças Peculiares e A Rebelde do Deserto. Já na literatura nacional, minhas escolhas foram: Mariposa; A Parede Branca do Meu Quarto e Primeiras Impressões.  




Confesso que esse ano andei comprando bastante coisas, mais do que deveria. Todavia, usando um argumento em meu favor, a maioria das compras foram de promoções e achadinhos super especiais. 

As plataformas que mais utilizei e gostei, foi a Amazon e a Sephora, ambas tanto pelo preço acessível (Sephora pelo seus ótimos brindes, esse headphone é um deles) e pela rapidez na entrega.
Batom Íris da marca Odorata (uma pena que eles pararam de fabricar essa cor). Além das cores Coffee e Bali, que são batons tinta matte. Ambos da Odorata também. 

Já para face, não costumo usar muita coisa, já que possuo a pele oleosa, então, os produtos que mais usei foi esse prime efeito blur da Natura e a base da M.A.C (cor NC 40).

Gostei também, desse pigmento da Odorata ( cor Ouro Glitter) e das máscaras de cílios BADgal Lash da Benefit e da marca Phebo.
Durante muito tempo eu não usava perfumes convencionais, e sim aqueles especiais para bebês. Isso porque, eu sempre sofri com enjoos por causa de cheiros fortes, algo que me fazia passar muito mal (tinha náuseas e enxaquecas), mas hoje, já consigo usar algumas fragrâncias, e essas abaixo são algumas delas. Todas são bem fraquinhas, na qual são: O perfume Nina L’Eau da marca Nina Ricci; Flori da marca Odorata. Além dos que não apareceram por aqui, que é o Perfume Humor e Luna, ambos da marca Natura.
Tentei resumir ao máximo todas as coisas que fizeram parte da minha rotina nesse ano, mas fica evidente que tratei aqui só de bens matérias, e não podia deixar de fora aquilo que realmente importa. Então, quero aproveitar o espaço para agradecer a todos por terem feito parte do crescimento do Blog, aonde sou grata a cada um que sempre separa um tempinho de suas vidas para visitar o nosso Blog, que ainda está em fase de crescimento, mas já vem me trazendo bons frutos.
Obrigada por tudo!
Quero desejar um Feliz 2017 a todos, que seja repleto de paz, sabedoria e amor. Que nosso sonhos sejam realizados, que saibamos ter discernimento e respeito ao outro, pois só assim faremos desse mundo um lugar melhor.

Xoxo
 

Wish List para 2016 e 2017

20/12/2016

Ultimamente ando em uma fase de grandes desapegos, desde o ato de doar metade do guarda-roupa, até vender por um preço super baratinho maquiagens que eu nunca usei e nem vou usar. Então, para saber mais a respeito sobre os meus desapegos, só clicar aqui, que eu expliquei direitinho lá no meu Instagram. 


Todavia, admito que ainda tenho alguns sonhos de consumo (mas sempre tentando priorizar o consumo consciente, é claro). Sendo assim, resolvi fazer uma wish list com coisinhas que quero ter, como o ano está quase acabando, sei que essas metas dificilmente eu iria conseguir cumprir por agora, então resolvi as estender também para o ano de 2017.


1- Melissa Boemia Platform (comprar aqui).
2- Livro Dia de Beauté.
3- Pinceis Ovais Rosê Gold.
4- Plataform Verniz Nude Armazém Pink (comprar aqui).
5- Capa para Kindle Coelho (comprar aqui).
6- Ilumidador Benefit  High Beam (comprar aqui).

Confesso que queria por mais coisas, mas uma das minhas metas para 2017 é ser mais controlada em relação ao consumo, então, quanto menos, melhor.

Assim que for adquirindo cada item, vou fazendo resenha e mostrando minha opinião a respeito. Espero que tenham gostado da minha lista de desejo!

Xoxo

Vamos falar sobre Empatia ?

14/12/2016

"Empatia significa a capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo."


Não importa quem você seja, sempre vai haver algum dia que alguém te julgará, seja pela sua crença, pelo seu modo de ser, pelo o que você veste, fala e como age...ou seja, por uma serie de coisas, mas que para você são essenciais, já que dizem quem você é. 

Ah! posso acrescentar também pelo o não desejo de comer carne? (acredite, escuto muitas piadinhas em relação a isso).

Todavia, como diria um dos meu filmes favoritos: Não temos ossos de vidros, então podemos sim aguentar os baques da vida!!!

Já que parece ser tão difícil para alguns esse olhar compassivo com o outro, na qual deveríamos ver cada pessoa em sua singularidade e totalidade, que saibamos sobre todas as suas vivências, dificuldades, vitórias, medos e anseios, que o tornou hoje a pessoa que é. Só que infelizmente estamos tão acostumados em nos sabotar emocionalmente e ficarmos presos em pensamentos egoístas que chega até ser quase impossível se colocar no lugar do outro, afinal, sair da nossa zona de conforto não é fácil, mas machucar o outro também não deveria ser...

Então, se fosse para fazer um pedido, eu queria que houvesse mais empatia nas pessoas. Sentimento que parece ser tão incrível, mas tão difícil de ser executado, mas não impossível, certo?

Se colocar no lugar do outro, não precisa necessariamente concordar com tudo o que a pessoa faz, mas compreender o porquê de cada atitude, seja de forma negativa ou não, já contribui muito. 

Aonde se cada um praticasse um pouquinho, talvez houvessem mudanças perceptíveis, já que queremos tanto ver a mudança no mundo, por que não começamos por nós mesmos?

Acredito que assim, boas coisas virão...

Espero que tenham gostado!
Xoxo

Resenha literária: #GirlBoss

01/12/2016

Hoje venho falar sobre a minha última leitura, o livro Girlboss da Sophia Amaruso.
Ultimamente, com o crescimento do Blog, e com o intuito de estar realizando novos projetos, leituras que retratam sobre empreendedorismo estão me chamando bastante atenção, e após ler várias resenhas positivas, Girlboss foi o escolhido dentre eles. 
Quem me conhece pessoalmente sabe o quanto eu sou inquieta quando se trata em realizar algo, por mais simples que seja. Gosto de pensar em todos os detalhes, fazer planejamentos e usar várias doses de criatividade, mas o lado negativo, é que eu vivo as frustrações em dobro, quando algo que almejei não dá certo.  
Então, ao ler esse livro, me deparei com o relato de Sophia, aonde expõe como a sua simples loja de roupas vintage no Ebay (Nasty Gal) se tornou uma das maiores empresas da atualidade, e o que poderia apenas ser dicas  utópicas de como fazer o seu empreendimento crescer, é na verdade um grande aliado de alguém que passou por coisas boas e ruins, e quer te ajudar a alcançar o mesmo, Sophia é bem sincera, então conta também as frustrações, sabotagens de outras pessoas e como foi superar tudo isso, como se fosse uma conversa entre amigas. E eu amei isso.
Toda vez que você toma uma decisão ou faz algo legal ou cuida de si mesma, toda vez que você vai para o trabalho e trabalha com empenho e dá o seu melhor em tudo que puder fazer, está plantando sementes para uma vida que só você pode esperar que cresça além dos seus sonhos mais extremos. Cuide das coisinhas pequenas – até das que você odeia – e as trate como promessas para o seu próprio futuro. Logo você vai ver que o destino favorece os audaciosos que põem a mão na massa.
Ela possui também uma linguagem bastante leve e de fácil compreensão, com um toque cômico, que te deixa preso a leitura do início ao fim. Demonstrando o quanto é imprescindível termos em mente ,que ao queremos conquistar algo, uma das primeiras premissas é trabalhar por isso, algo que concordo plenamente, principalmente quando recebemos comentários do tipo: fulano usa x coisas de x marcas, mas ele trabalhou para ter aquilo, certo?
Vou guardar essa frase pra  vida toda!
Há capítulos que trazem alguns cheklist, cheio de inspirações e dicas bem determinadas. Quando li a sinopse pela primeira vez, tive a impressão que Sophia Amaruso só relataria como chegou ao sucesso e se gabaria por ser CEO de uma empresa que vale 100 milhões de dólares, mas eu estava super enganada, pois ela conta como chegou ao sucesso, que foi com muito esforço e sem glamour nenhum. Teve ajuda de algumas pessoas que acreditaram nela, mas nunca foi sorte (sempre é bom lembrar disso).
Girlboss foi um livro que chegou na hora certa, me trazendo várias inspirações, e como é essencial correr atrás daquilo que acredita.
O intuito não era realizar uma resenha tão pessoal, mas acredite, esse livro precisava. Então o indico para cada um que quer ser dono do seu próprio negócio, ou até mesmo trabalhar em algum lugar que te faça bem e proporcione o crescimento  tanto pessoal como o profissional.
Espero que tenham gostado!
xoxo